Em extinção, arara-azul nasce no zoológico de Curitiba

O Zoológico de Curitiba tem um novo morador: um filhote de arara-azul. É o quarto filhote da espécie a nascer no zoo do Alto Boqueirão. Segundo a Prefeitura, o bebê ainda está em um recinto, sob os cuidados do pai, foram de exposição no parque.

A espécie, que vive nas regiões do Pantanal e da Amazônia, é considerada vulnerável na escala de risco de extinção. No último censo realizado, havia apenas quatro mil indivíduos em vida livre, em razão da caça, comércio clandestino e desmatamento.

Equipes do zoo perceberam que os pais ficavam mais tempo no ninho e então descobriram o filhote. A estimativa é que o bebê tenha nascido há quatro meses.

Hoje, quase do tamanho dos pais, o ainda filhote já arrisca alguns voos. Estes animais costumam ficar sob a tutela dos progenitores de 12 a…

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário