Sejuf solicita ao YouTube a retirada de vídeos da Momo

A Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Paraná solicitou ao YouTube Brasil, por meio de ofício encaminhado ao Google Brasil, que retire de sua plataforma de vídeos e qualquer conteúdo que seja ligado ao “Momo” –  personagem assustadora que tem deixado os pais em alerta.

Também foi solicitada a retirada de qualquer publicação ofensiva ou que ofereça risco às crianças.

O pedido partiu da Câmara Municipal de Curitiba, que enviou à Secretaria requerimento ofício assinado pelo vereador Sabino Picolo, presidente daquela Casa Legislativa, com base em proposição do vereador Bruno Pessuti.

Inicialmente espalhado pelo WhatsApp, o personagem Momo enviava conteúdo perturbador para quem entrasse em contato, sugerindo até automutilação infantil. Recentemente, de acordo com relatos da imprensa, a personagem teria aparecido também em meio a vídeos voltados para o público infantil no YouTube, o que gerou grande preocupação entre pais e…

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário