MP vê risco de rebelião e pede retirada de presos da Delegacia Cidadã de Matinhos

A 2ª Promotoria de Justiça de Matinhos, no litoral do estado, ajuizou ação civil pública contra o Estado por causa da manutenção de presos na Delegacia Cidadã da cidade.

A unidade que fica no município foi a primeira do Paraná a integrar esse projeto, lançado em 2012, com o objetivo de extinguir as carceragens de delegacias, que passariam a contar somente com salas de custódia, nas quais o preso ou suspeito deveria permanecer apenas pelo tempo necessário para que fosse encaminhado ao sistema prisional.

Apesar dessa meta, a informação da própria Secretaria de Estado da Segurança Pública é de que a Delegacia de Matinhos abriga atualmente 20 presos. Para a promotoria, a situação é grave, uma vez que o espaço não foi projetado para abrigar presos, com isso o local onde essas pessoas são mantidas é improvisado e tem condições totalmente inadequadas, sem iluminação ou ventilação. Ainda na avaliação do MP, as limitações de espaço…

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário