Detentos liberam reféns e encerram rebelião

Depois de 29 horas, os presos da 7ª. galeria da Penitenciária Estadual de Maringá, no noroeste do Paraná aceitaram liberar o agente penitenciário feito refém na rebelião da galeria. Os outros dois presos que também eram feitos reféns foram liberados e a rebelião encerrada.

A liberação ocorreu por volta de 15h40 desta sexta-feira (5), de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen). Segundo a Secretaria de Segurança Pública os presos foram conduzidos para o pátio de sol para uma revista.

O servidor passa agora pelo primeiro atendimento médico. O sindicato afirmou que segue acompanhando a situação e vai dar todo o suporte jurídico necessário ao agente. Não há informações sobre feridos.

A rebelião começou após uma tentativa de fuga frustada.

Equipes do Serviço de Operações Especiais e do Batalhão de Choque da Polícia Militar acompanham a situação. Não há relatos sobre feridos.

A penitenciária…

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário