Após vazamento de produtos tóxicos, Ibama proíbe uso do Rio São João, em Guaratuba

O IBAMA do Paraná proibiu o uso do Rio São João, em Guaratuba, no litoral do Estado, por tempo indeterminado. A restrição foi divulgada ontem (11) e proíbe atividades de recreação, esportes, pesca e irrigação.

A proibição foi feita por causa da contaminação do rio depois de um acidente envolvendo três caminhões na BR-376 no dia 6 de abril. 30 mil litros de óleo diesel e 7 mil litros do produto tóxico Osmose K33, usado na preservação e tratamento de madeira bruta, vazaram e atingiram o rio.

Segundo a portaria, publicada pelo governo estadual, como ainda não há informações precisas sobre a extensão da contaminação do rio, e considerando o aumento no número de peixes mortos na região, a opção é interditar o uso do rio até a desembocadura da Baía de Guaratuba.

A revogação da proibição fica condicionada a resultados de amostras de qualidade de água, que vão ser realizadas pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário