Brasil: 25/03/2017 22:39  Itália: 26/03/2017 03:39
Você está no site do
Circolo Trentino

Notícias Locais

Gruppo Giovani firma novas parcerias durante viagem de final de ano.


 

O grupo visitou as cidades de Orleans, Urussanga e Nova Veneza, em Santa Catarina.


O Gruppo Giovani Trentini Brasiliani (região centro) realizou, nos dias 21, 22 e 23 de novembro, sua viagem de final de ano, e seu destino foi o sul do Estado de Santa Catarina. O objetivo desta viagem era conhecer as cidades de Nova Veneza e Urussanga (de colonização vêneta) e a cidade de Orleans (uma das únicas cidades do sul de Santa Catarina que recebeu fluxo de imigrantes trentinos), bem como, por intermédio do Elton Stolf (atual Consultor da Província de Trento no Brasil), entrar em contato com as associações italianas locais para firmar Protocolos de intenções para promoção de trabalhos culturais.

Participaram da viagem Andrey José Taffner Fraga, do Circolo Trentino di Rio dos Cedros, Marco Sehnem e Simone Sehnem, do Circolo Trentino di Taió, Diego Poffo, do Circolo Trentino di Ascurra, Daniela Destefani, Rose Prada, Décio Fiamoncini, Jorge Moser e Fabrício Martins, do Circolo Trentino di Rodeio e Taciana Floriani, do Circolo Trentino di Blumenau. Também participaram as trentinas Chiara Pedrazzoli e Silvia Bianca Pedrazzoli, da cidade de Vill´Agnedo, que estavam no Brasil participando do intercâmbio promovido pela Província de Trento.





A primeira parada do grupo foi na cidade de Orleans. O local onde hoje se localiza a cidade foi parte do dote de casamento da Princesa Isabel, em 1870, nos tempos do Império Brasileiro, e recebeu diversos fluxos migratórios no final do século XIX. Grande parte dos imigrantes que colonizaram a cidade eram trentinos oriundos da cidade de Ala (TN/Itália). Atualmente, para fomentar essa ligação histórica, existe em Orleans a SODEALASociedade dos Descendentes de Ala. Por sua vez, na cidade de Ala (TN/Itália), existe a associação “Amici di Orleans”. Graças a esse intercâmbio foi possível assinar um acordo de Gemellaggio entre as duas cidades no ano de 2011.

Nessa cidade o grupo foi recebido por Walter Debiasi, da associação SODEALA. Foram realizadas visitas aos principais pontos da cidade, como o “museu ao ar livre”, as “esculturas no paredão”, e o centro da cidade. O ponto alto foi a visita realizada à comunidade de Vale do Rio Pinheiros, onde se fixaram os primeiros imigrantes trentinos. No local, além da capela, existe um museu com preciosidades históricas, um monumento aos imigrantes italianos, bem como diversas placas com nomes de famílias e dados históricos.

Durante o almoço, foi firmado o Protocolo de intenções entre o Gruppo Giovani e a associação SODEALA.





Em seguida, o Gruppo rumou para Urussanga, que é uma cidade fundada por imigrantes oriundos do norte da Itália em 1878. Ela preserva até hoje forte ligação com a terra-mãe, tendo firmado Gemellaggio com a cidade de Longarone, da região do Vêneto, na Itália. O município também é famoso pelos vinhos brancos e espumantes da uva Goethe (derivada da uva moscatel), que são produzidos em diversas vinícolas da cidade, e pela Festa da Uva, que acontece a cada dois anos no mês de agosto.

Em Urussanga o grupo foi recebido por Sérgio Luiz Maccari Junior e Fernando Fontanella, da Associazione Trevisani nel Mondo – Sezione di Urussanga. O Gruppo foi acompanhado para conhecer a vinícola Mazon (produz vinhos e espumantes da uva Goehte), as construções históricas e monumentos no entorno da praça Anita Garibaldi no centro da cidade, bem como a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, que contém uma réplica da La Pietà, de Michelangelo, doada pelo Vaticano.

Durante o jantar na cidade, foi firmado o Protocolo de intenções entre o Gruppo Giovani e a  Associazione Trevisani nel Mondo – Sezione di Urussanga.

A última cidade do roteiro foi Nova Veneza, que é apelidada de a “última colônia italiana do Brasil”. Ela se desenvolveu com a chegada de vários imigrantes oriundos do Vêneto em 1891. Manteve, ao longo de toda sua história, uma forte ligação com a Itália. Desenvolve, até hoje, diversas atividades que difundem a cultura veneziana no Brasil, como o Carnaval de Veneza. Também possui um grande acervo patrimonial cultural, como a única gôndola veneziana em solo Americano (doada pelo próprio governo de Veneza).

Nesta cidade o grupo foi recebido por Giliard Cesconetto Gava, que é da Associazione Trevisani nel Mondo – Sezione di Nova Veneza, e também secretário de turismo da cidade.

 



Após participar da missa realizado no Santuário Nossa Senhora de Caravaggio, o grupo visitou os principais atrativos culturais, como o pórtico da cidade (que contem o Leão de São Marcos e o monumento ao imigrante italiano), a igreja matriz São Marcos, o museu do imigrante, a Praça Humberto Bortoluzzi onde se localiza a gôndola doada pela cidade de Veneza, e as famosas casas de pedra erguidas pelos imigrantes. Nesse último local, o Gruppo se despediu de seu anfitrião e assinou o Protocolo de intenções, entre o Gruppo Giovani e a Associazione Trevisani nel Mondo – Sezione di Nova Veneza.

Dessa forma o Gruppo Giovani encerra o ano expandindo sua rede de contatos, o que é sempre útil para aprimorar o trabalho em prol da cultura italiana-trentina.


Voltar ao índice de notícias

ufficio stampa

Enquete

Você jovem, participa das atividades do Circolo Trentino de sua cidade?
Resultado parcial

Publicidade



E-mail:
Senha
Circolo Trentino di Grupo Jovem PR/SC