Brasil: 18/08/2017 22:35  Itália: 19/08/2017 03:35
Escolha o circulo trentino do seu Estado
Circolo Trentino

Notícias

Porta pede ao governo italiano uma “solução simples e justa” para os descendentes de imigrantes trentinos


Na foto: Integrantes da família Cossari que em 10/12/2005 encaminharam a papelada para o reconhecimento da cidadania italiana no grande evento realizado no Estação Convention Center, em Curitiba – PR, com a participação de mais de oito mil pessoas. (Foto Desiderio Peron / Arquivo Insieme).

Descendentes de imigrantes trentinos e outros que habitavam em territórios do antigo império Áustro-Húngaro têm até o final do ano para requerer o reconhecimento da cidadania italiana por direito de sangue. Um projeto de lei elimina o prazo, mas no Governo Italiano não há “sinal de vida."

© Desiderio Peron - Insieme
 

CURITIBA – PR - “Não são necessárias acrobacias especiais, pede-se apenas uma solução simples e justa”, semelhante à que foi dada aos habitantes dos territórios da ex-Iugoslávia, para os quais foi eliminado o prazo contido na lei 379 de 2000. A observação é do deputado Fabio Porta ao manifestar, num comunicado à imprensa datado de 8 de julho, sua preocupação com relação ao término do prazo, em dezembro próximo, para que descendentes de imigrantes trentinos e de outros territórios pertencentes ao antigo império Áustro-Húngaro possam requerer o reconhecimento da cidadania italiana por direito de sangue.

Como se sabe, a lei 379 de 2000 estabeleceu cinco anos de prazo que, depois, foi prorrogado por mais cinco anos. Agora, uma proposta de lei que retira qualquer prazo para o exercício do direito à cidadania “iure sanguinis”, se encontra no Parlamento para análise da Comissão de Constitucionalidade para, depois, ir a plenário. Mas, segundo Porta, nem o Governo nem sua maioria dão “sinais de vida” e isto está preocupando a todos. “Tem razão o presidente da Trentini nel Mondo, Alberto Tafner – diz Fabio Porta em seu comunicado – ao manifestar a preocupasção dos italianos de origem trentina em relação ao próximo término do prazo, fixado para dezembro deste ano, da prorrogação da lei 379/2000 que permite a aquisição da cidadania italiana para os descendentes dos habitantes do ex-império Áustro-Húngaro”. Tafner havia pedido o empenho de Porta na luta pela prorrogação dos prazos da lei.

Até agora – disse Porta – juntamente com outros colegas parlamentares, estou lutando em diversos frontes: apresentação de um projeto de lei eliminando os prazos; solicitação ao Ministério do Interior para que seja simplificada e apressada a verificação dos processos acumulados ao longo desses anos; uma específica solicitação de empenho dirigida diretamente ao Presidente Berlusconi em sua recente visita ao Brasil.
 

NÚMEROS – Segundo o Ministério do Interior do Governo Italiano, dos 43.700 requerimentos de reconhecimento da cidadania italiana por direito de sangue apresentadas, foram atendidos apenas 14.750. Ou seja, nem 50% dos pedidos. Os números foram informados pelo Escritório de Assuntos Legislativos e Relações Parlamentares do Ministério do Interior ao deputado Fabio Porta, em resposta a um seu pedido de informações. A correspondência é datada de 17 de março de 2010 e nela se informa que a maior parte das solicitações “foi apresentada junto aos Consulados do Brasil e da Argentina”. Na parte do atendimento, o ofício explica que houve um “notável incremento percentual nos últimos dois anos, graças à adoção das medidas de simplificação” adotadas, entre elas o caso de processos cujos ancestrais já tenham sido analisados em outros processos da mesma família. Neste caso, o requerimento não precisa ser submetido outra vez à Comissão Interministerial encarregada de analisar os processos. O comunicado à imprensa de Porta tem o seguinte teor:


 

On. Fabio Porta: “Governo e maggioranza latitanti  sulla proroga della legge per i discendenti dei Trentini”

“Ha ragione il Presidente dei Trentini nel Mondo, Alberto Tafner, a manifestare la preoccupazione degli italiani di origine trentina per l’imminente scadenza, fissata a dicembre di quest’anno, della proroga della legge 379/2000, che consente l’acquisto della cittadinanza italiana ai discendenti degli abitanti dell’ex Impero austro-ungarico”. E’ quanto ha dichiarato l’on. Fabio Porta in risposta ad un messaggio dello stesso Presidente Tafner, nel quale il sodalizio ringrazia l’on. Porta per l’impegno profuso per la proroga della legge 379.

“Finora, assieme ad altri colleghi parlamentari, mi sono mosso in più direzioni: la presentazione di una proposta di legge di proroga degli effetti della legge 379; la sollecitazione al Ministero dell’Interno a semplificare e a sveltire le procedure di esame delle pratiche accumulatesi in questi anni; una precisa richiesta di impegno, rivolta direttamente al Presidente Berlusconi, durante la sua recente visita in Brasile, Paese in cui la presenza degli italiani di origine trentina è più consistente.

Purtroppo – ha concluso l’on Porta – il Governo e la maggioranza hanno altro da pensare e da fare e non danno segni di vita su una questione tanto importante in termini di principio e sentita dagli interessati, quanto semplice da risolvere. In sostanza, non c’è da fare altro che eliminare per i trentini il termine di applicazione della legge 379, come è stato fatto – ad esempio – per i discendenti degli abitanti dei territori dell’ex Jugoslavia. Non si chiedono particolari acrobazie, si chiede solo una soluzione semplice e giusta”. 
 

Roma, 8 luglio 2010 - Ufficio Stampa On. Fabio Porta

fonte da noticia: http://www.insieme.com.br/ 


Voltar ao índice de notícias

ufficio stampa

Mural

Veja todos os recados
Olá a todos. Gostaria de saber mais sobre a famíl ...
OSMIR LUIZ SARDAGNA JUNIOR
Joinville - 08/02/2016
Olá, Bom dia! Sou Alberto Perini Neto de Lavras, g ...
ALBERTO PERINI NETO
Lavras - 03/09/2013
I ENCONTRO DA FAMILIA DELLAI DIA 06/10/2013 EM SI ...
FRANCISCO DELLAI
ARARAS - 03/09/2013
Procuro informacoes sobre a familia Comper agradeç ...
EDERSON COMPER
Lebon Regis - 01/09/2013
NOME DO MEU AVO ANTONIO DALPRAT AVO´EMILIA LOTTER ...
SONIA MARIA DALPRAT DE HELD
VINHEDO - 23/08/2013
Aqui em Alfredo Chaves (ES) existe uma grande famí ...
RUZERTE DE PAULA GAIGHER
- 17/08/2013
Ola! posso te ajudar ? sou da família Pizzini , qu ...
GIOVANNA PIZZINI ZONTA
Sorocaba - 10/08/2013
buonasera,sono il nipote diGIAMPIETRO CARRARO E WA ...
PAOLO FERRAMOSCA DOMENICONI
cittadella - 27/07/2013
Olá Nayara como vai? Espero que bem! Gostaria de c ...
MARI
SAO PAULO - 20/07/2013
Ola Nayara, eu tbém sou descendente de trentinos, ...
JOAO STEPHANO
Londrina - 14/07/2013
Amanda peliciolli cantora e instrumentista canta e ...
AMANDA PELICIOLLI
LUZERNA S/C - 07/07/2013
Olá Paulo, Sou descendente de Marchi por parte de ...
DANIELA CAMPESTRINI
Joinville - 24/06/2013
Andressa, as irmãs de meu avo Orsola Anesi casou c ...
DANIL JOÃO ANESI
Blumenau - 21/06/2013
Ola Sou descendente dos Girardi e Stolf. Tenho al ...
SANDRA GIRARDI
Blumenau - 08/06/2013
Veja todos os recados

Enquete

Para solucionar o problema das “filas da cidadania” diante dos consulados italianos no Brasil, o governo italiano lançou a “task force”. O que você acha disso ?
Resultado parcial

Publicidade



E-mail:
Senha
Comunità trentina del Brasile
Comunità dei circoli trentini del Brasile - http://www.trentini.com.br/