Mais um detento é morto na prisão da Lava Jato

Mais um preso foi assassinado por um companheiro de cela no Complexo Médico Penal do Paraná, presídio onde estão detidos alguns dos condenados pela Operação Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha o ex-ministro Antonio Palocci, o ex-deputado André Vargas e os ex-tesoureiros do PT, João Vaccari Neto e Delúbio Soares.

Segundo o Departamento Penitenciário do Paraná, Américo de Jesus Cordeiro foi morto por outro num desentendimento dentro da cela nesta madrugada. Ele estava detido na 4ª galeria do complexo. A Polícia Civil investigará o caso. O autor do crime foi identificado na hora e encaminhado para a delegacia.

É a quarta morte de preso dentro do complexo neste ano. A última, havia ocorrido em 14 de junho. Outros dois casos foram registrados em março. Em 2017, dois presos foram assassinados dentro da unidade.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública classificou o incidente desta madrugada como um caso pontual, de…

Continue lendo na fonte original

Deixe um comentário